Ligue-se a nós

Sociedade

Advogado defende que acusação contra Joaquim Barroca e Grupo Lena tem lacunas e ilegalidades

“O grupo até teve prejuízos nos locais em que o MP diz que o ex-primeiro-ministro ajudou na internacionalização”, disse o advogado Castanheira Neves em tribunal.

Publicado

em

Por

Grupo Lena
Foto: Facebook Grupo NOV

A defesa do ex-administrador do Grupo Lena Joaquim Barroca rebateu esta quarta-feira, no debate instrutório, toda a acusação, considerando que padece de ilegalidades e lacunas e que não tem prova indiciária que a suporte.

Segundo o advogado Castanheira Neves, a acusação da Operação Marquês elaborada pelo Ministério Público, nomeadamente em relação ao seu cliente, está “eivada de ilegalidades” e “padece de evidentes precipitações, lacunas graves e lapsos jurídicos”.

“Não me recordo de uma acusação tão incompleta, tão eivada de incongruências, de saltos do escuro e tão infundamentada”, criticou o advogado.

Nas longas alegações, o defensor do antigo administrador do Grupo Lena, acusado de mais de 10 crimes económico-financeiros, citou vários professores de direito para justificar aquilo que considera estar juridicamente mal construído pelos procuradores.

Acrescentou que, nos autos, não há prova indiciária que suporte as imputações dos crimes, quer contra Joaquim Barroca quer contra as sociedades do universo do grupo, remetendo para a “vasta documentação” que iliba o seu cliente.

“Tudo está documentalmente suportado e por depoimentos absolutamente inequívocos. Quem sou eu para fazer teses explosivas de indícios e de factualidades, para isso já basta a acusação”, destacou o defensor, acrescentando que “a acusação é falaciosa. O Ministério Público começou pelo fim para tentar justificar o principio”.

Castanheira Neves disse também que Joaquim Barroca “não conhece Armando Vara, Ricardo Salgado, Helder Bataglia e José Paulo pinto de Sousa” com quem é acusado de crimes em coautoria, e disse que “está documentalmente provado” que o dinheiro transferido para o empresário Carlos Santos Silva foi para “pagamentos de serviços prestados ao grupo Lena”, e que os trabalhos pagos à XLM “foram efetivamente realizados”, sendo esta empresa uma importante parceiro para o grupo de construção civil.

Na acusação, “há uma falsidade monstruosa que está documentalmente comprovada”, reiterou o causídico, insistindo que o MP tentou “pregar uma rasteira” às sociedades do Grupo Lena, em especial na imputação de crimes de acusação de corrupção ativa que pende sobre elas em relação ao primeiro-ministro José Sócrates.

Alegou ainda estar provado por documentos que o Grupo não foi beneficiado durante o Governo de José Sócrates (2005-2011), com a adjudicação de diversas obras públicas, como diz o MP, e que, pelo contrário, “o grupo até teve prejuízos nos locais em que o MP diz que o ex-primeiro-ministro ajudou na internacionalização”.

O defensor negou também que Joaquim Barroca tenha disponibilizado contas bancárias na Suíça para movimentar fundos que se destinavam a pagar “favores” a José Sócrates, como sustenta o MP.

Em relação aos sete crimes de branqueamento de capitais, Castanheira Neves alega que “os crimes precedentes já prescreveram e nem sequer estavam juridicamente preenchidos”, afirmando que “a ilicitude só pode afirmar-se quando há preenchimento do tipo legal do crime”, sendo, portanto, “uma questão falaciosa da realidade”.

Em suma, a defesa de Joaquim Barroca baseou-se em depoimentos da fase de instrução e de documentação, que diz serem irrefutadas, junta aos autos do processo, pedindo que o ex-administração não seja julgado por corrupção ativa de titular de cargo político, corrupção ativa, branqueamento de capitais, falsificação de documento e fraude fiscal qualificada, alguns destes crimes em coautoria.

Durante a fase de instrução, o juiz Ivo Rosa considerou que o ex-administrador do Grupo Lena Joaquim Barroca terá praticado não dois, mas oito crimes de fraude fiscal agravada.

O inquérito Operação Marquês culminou na acusação a 28 arguidos – 19 pessoas e nove empresas – e investigou a alegada prática de quase duas centenas de crimes de natureza económico-financeira.

José Sócrates está acusado de três crimes de corrupção passiva de titular de cargo político, 16 de branqueamento de capitais, nove de falsificação de documentos e três de fraude fiscal qualificada.

O MP acredita que Sócrates recebeu cerca de 34 milhões de euros, entre 2006 e 2015, a troco de favorecimentos a interesses do ex-banqueiro Ricardo Salgado no Grupo Espírito Santo e na PT, bem como para garantir a concessão de financiamento da Caixa Geral de Depósitos ao empreendimento de luxo Vale do Lobo, no Algarve, e por favorecer negócios internacionais do Grupo Lena, entre outras imputações.

Entre os 28 arguidos estão Carlos Santos Silva, Henrique Granadeiro, Zeinal Bava, Armando Vara, Bárbara Vara, Joaquim Barroca, Helder Bataglia, Rui Mão de Ferro e Gonçalo Ferreira, empresas do grupo Lena (Lena SGPS, LEC SGPS e LEC SA) e a sociedade Vale do Lobo Resort Turísticos de Luxo.

Análises Hospital de Leiria
Sociedadehá 1 dia

Fechado surto de covid-19 no hospital de Leiria que infetou 27 doentes

Estante com livros
Agendahá 2 dias

Café Central recebe Feira do Livro solidária a favor da Associação Desprotegidos

Hospital internamento
Sociedadehá 2 dias

Hospital de Leiria mantém área dedicada a doentes com suspeita de infeção respiratória

Carnaval Nazaré 2020
Sociedadehá 2 dias

Carnaval da Nazaré cancelado

Hospital Saúde
Sociedadehá 2 dias

Hospitais do Médio Tejo abrem laboratórios à população para realização de testes covid-19

Sociedadehá 2 dias

Distrito de Leiria ultrapassa dois mil casos ativos de covid-19

Sociedadehá 2 dias

Infrassons das eólicas podem afetar saúde num raio de 15 quilómetros – estudo

Laboratório investigação
Sociedadehá 2 dias

Escola Superior de Saúde de Leiria inaugura laboratório de investigação e formação

Sociedadehá 3 dias

Concluída a reabilitação dos molhes da foz do Rio Lis

Interior do Castelo de Leiria
Culturahá 3 dias

Saiba quais as datas em que pode visitar gratuitamente espaços culturais da região

Doar Sangue
Sociedadehá 3 dias

Associação de Dadores de Pombal organiza duas colheitas de sangue

Sociedadehá 4 dias

Morreu o leiriense Almerindo Marques

Câmara de Leiria Estátua D. Afonso III
Sociedadehá 4 dias

Município de Leiria mantém taxas de derrama, IMI e IRS para 2022

Sociedadehá 4 dias

Associação InPulsar de Leiria apoia jovens refugiados não acompanhados

Câmara Municipal de Leiria
Sociedadehá 4 dias

Município de Leiria aprova orçamento de 93,1 milhões de euros

Cinemahá 5 dias

Encontrar a luz na escuridão – Noche de Fuego

Agendahá 5 dias

Natal Encantado chega a Porto de Mós na sexta-feira

Taxi Centro Hospitalar de Leiria
Sociedadehá 5 dias

Centro Hospitalar de Leiria cria Serviço de Psicologia Clínica

Culturahá 5 dias

Há 12 municípios portugueses que querem ser Capital Europeia da Cultura em 2027

Sociedadehá 5 dias

Juventude Socialista de Leiria liderada pela primeira vez por uma mulher

Bem Estarhá 5 meses

O Lidl mais bonito do mundo fica no distrito de Leiria

Bola Futebol Estádio
Sociedadehá 5 meses

Jovem de 12 anos morre em jogo de futebol vítima de paragem cardiorrespiratória em Leiria

Agendahá 4 semanas

Exposição de 30 dinossauros chega a Leiria

Criança mão
Sociedadehá 2 anos

Menina de dois anos e meio infetada com Covid-19 em Leiria

Colégio Infantil Cubo Mágico Leiria
Sociedadehá 2 anos

Creche em Leiria perde bebés durante passeio em pinhal

Rei dos Frangos Take-Away
Sociedadehá 5 meses

Churrasqueira de Leiria esclarece que não é “esse Rei dos Frangos” e nem percebe de ações”

Autárquicas 2021há 5 meses

Chega candidata Sara Santos à Câmara da Batalha para “pôr fim aos obstáculos”

Lar Residência Quinta Santo António
Sociedadehá 2 anos

Residências Quinta Santo António inauguram em julho com quartos a partir de 1500 euros

Filme
Cinemahá 6 meses

Vingança em ação – Um Homem Furioso

BMW
Sociedadehá 8 meses

GNR nega que tenha um BMW M3 descaracterizado para patrulhar Leiria

Praia Fluvial Agroal
Sociedadehá 2 anos

Praia Fluvial do Agroal reabre dia 1 de julho com lotação máxima de 200 pessoas

Av. Heróis de Angola, Leiria
Sociedadehá 5 meses

Nove concelhos do distrito de Leiria com limitação de circulação a partir das 23h00

Farmácia
Sociedadehá 5 meses

Concelho de Leiria já tem farmácias com testes covid-19 gratuitos

Sociedadehá 5 meses

Está a nascer a Rota da Ribeira das Carpalhosas, um percurso pedestre e ciclável de 15 km

Dialectos-Manjedoura-D-Dinis
Bem Estarhá 2 anos

Escola de Leiria adapta vídeo “Dialectos de Manjedoura” para Língua Gestual

Praia Vale Furado
Sociedadehá 1 ano

Vale Furado: O sossego fica a dez quilómetros da Nazaré

Knives Out Movie Daniel Craig
Cinemahá 2 anos

Quem matou Harlan Thrombey? – Knives Out

Praia Nazaré Covid-19
Sociedadehá 7 meses

Através do telemóvel vai conseguir reservar um lugar na praia

Gelo para brisas GNR
Sociedadehá 2 anos

GNR de Leiria dá conselhos de como remover gelo do pára-brisas

Filme Druk
Cinemahá 11 meses

Druk – Another Round – A medida ideal

POPULARES