Ligue-se a nós

Autárquicas 2021

Álvaro Madureira assume derrota

O também presidente da concelhia do PSD de Leiria garantiu que não se irá demitir.

Publicado

em

Por

Foto: Candidato do PSD Álvaro Madureira / Facebook Álvaro Madureira

O candidato do PSD, Álvaro Madureira, assumiu este domingo a derrota em Leiria, garantiu que não se irá demitir da presidência da concelhia do partido e disse que será uma “oposição construtiva” no executivo da Câmara, conquistada pelo PS.

“Vamos desempenhar uma oposição construtiva que é aquilo que nós fazemos sempre, para a melhoria das condições de vida das pessoas e do nosso concelho”, adiantou o candidato, após conhecer os resultados preliminares que indicavam a sua derrota.

Às 03:00 de hoje, ainda não era conhecida a distribuição de mandatos.

Segundo o social-democrata, “independentemente dos resultados” obtidos, “tem de se elogiar o excelente trabalho que todos desenvolveram ao longo destes dias de campanha, pessoas com muito valor, a sua maioria independente, que deram a cara por um partido e pela população das suas freguesias e do seu concelho”.

Para Álvaro Madureira, o trabalho desenvolvido “fica como continuidade para o futuro”.

“Apesar de não termos ganho a Câmara municipal, fomos eleitos para os diferentes órgãos e vamos desenvolver o nosso trabalho em prol da comunidade”, realçou.

Considerando que a derrota se deverá a “vários fatores, com certeza”, que serão analisados mais tarde, Álvaro Madureira admitiu que durante a pandemia se viveram “momentos em que a democracia esteve um pouco estrangulada”.

“Quem está no poder teve sempre mais instrumentos para chegar às pessoas, teve mais visibilidade nestes dois últimos anos e é óbvio que quem está na oposição não tem esses instrumentos. A pandemia também acaba por, isto como uma primeira observação, beneficiar quem está no poder”, apontou.

O também presidente da concelhia do PSD de Leiria garantiu que não se irá demitir. “O mandato também está a finalizar em breve e não me vou recandidatar, porque já cheguei ao limite de mandatos. A renovação virá para outros militantes. É um patamar para o futuro, um patamar consistente. É óbvio que todos queremos ganhar, mas é assim a democracia, o voto do povo é que manda”, referiu.

“Quando fazemos as equipas em três meses, as pessoas ainda não tiveram tempo de crescer. Agora daqui para a frente o PSD vai crescer estruturalmente, com as pessoas válidas que estão nos diferentes órgãos, e com certeza os munícipes vão ver a diferença para melhorar na qualidade dos eleitos”, acrescentou.

O vereador adiantou ainda que em política não se podem ver os resultados “no imediato”.

“Temos é de lançar as sementes para estruturar e consolidar para o futuro e nisso nós já ganhámos. Temos pessoas de grande valor”, concluiu.

O PS conquistou oito mandatos em Leiria e o PSD três, à semelhança do que sucedeu em 2017.

FARMÁCIAS DE SERVIÇO EM LEIRIA

POPULARES