Ligue-se a nós

Sociedade

Câmara de Leiria lamenta morte de António Cardoso, o primeiro comissário português

No final da década de 1990, foi nomeado comissário da Expo’98 e em seguida presidente do Conselho de Administração da TAP, tendo saído do cargo em 2004 para dar lugar a Fernando Pinto.

Publicado

em

Por

Leiriense António Cardoso e Cunha

(Atualizada às 15h30 com as considerações do Presidente da República).

A Câmara de Leiria lamentou esta segunda-feira a morte de António Cardoso e Cunha, natural de Leiria e primeiro comissário português, endereçando à família e amigos condolências.

Numa nota de imprensa, o município presidido por Gonçalo Lopes faz saber que “lamenta profundamente” a morte de António Cardoso e Cunha.

“À família e amigos, o município endereça as mais sentidas condolências”, acrescenta a nota.

António Cardoso e Cunha morreu no domingo com 87 anos.

Engenheiro químico de formação e militante do PSD, Cardoso e Cunha foi deputado, ministro da Agricultura e Pescas de governos da Aliança Democrática liderados por Sá Carneiro e presidente da TAP.

Em 1986, após a adesão de Portugal à então Comunidade Económica Europeia (CEE), foi nomeado comissário europeu, cargo que ocupou até 1993.

Também o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, lamentou a morte de António Cardoso e Cunha.

Numa nota divulgada no portal da Presidência da República na Internet, realça-se que Cardoso e Cunha “foi o primeiro comissário português a integrar o colégio de comissários da Comissão Europeia, liderado então por Jacques Delors, logo no ano da adesão portuguesa em 1986”.

“Nestas funções prestigiou Portugal e teve uma enorme influência na nossa plena integração nas estruturas comunitárias, que exerceu até 1993, tendo ocupado vários pelouros, nomeadamente o das pescas e o da administração”, acrescenta-se.

Marcelo Rebelo de Sousa, reeleito chefe de Estado no domingo, realça também a sua “longa e prestigiosa carreira como político, empresário e gestor, militante do PSD”, destacando o exercício de funções governativas como “primeiro como ministro da Agricultura e Pescas do Governo da Aliança Democrática (AD), liderado por Francisco Sá Carneiro em 1980, e, em 1981, liderado por Francisco Pinto Balsemão”.

FARMÁCIAS DE SERVIÇO EM LEIRIA

POPULARES