Ligue-se a nós

Sociedade

Enfermeiros apelam à reabertura da extensão de saúde de Aguda em Figueiró dos Vinhos

O documento que solicita a reabertura deste posto de saúde é subscrito por “cerca de 400 pessoas”.

Publicado

em

Por

Luvas Saúde Covid-19
Foto: Luvas / Pixabay

A Secção Regional do Centro (SRCentro) da Ordem dos Enfermeiros solicitou hoje a “reabertura imediata” da extensão de saúde de Aguda, da Unidade de Saúde Familiar (USF) de Figueiró dos Vinhos, no distrito de Leiria.

“No seguimento de um abaixo-assinado remetido à SRCentro da Ordem dos Enfermeiros a pedir a reabertura urgente da extensão de saúde de Aguda, da Unidade de Saúde Familiar (USF) de Figueiró dos Vinhos, a SRCentro enviou ofício à Administração Regional de Saúde (ARS) do Centro a solicitar a resolução célere da situação”, lê-se numa nota de imprensa.

O documento que solicita a reabertura deste posto de saúde (encerrado desde março de 2020), é subscrito por “cerca de 400 pessoas”.

Tendo em conta que a “saúde é um direito consagrado constitucionalmente” e que o propósito da Ordem dos Enfermeiros, como consta no Estatuto da Ordem dos Enfermeiros passa designadamente pela “promoção e defesa da qualidade dos cuidados de enfermagem prestados à população”, a SRCentro pediu à presidente da ARS do Centro a averiguação da situação e a resolução rápida do problema.

A Ordem refere que se trata de uma freguesia onde a população é “maioritariamente idosa” e os “poucos transportes disponibilizados” tem levado ao adiamento por parte dos utentes ao acesso a cuidados de saúde primários.

Numa fase de desconfinamento, de alívio das medidas adotadas no âmbito do combate à pandemia da covid-19, os enfermeiros do Centro afirmam que “não é aceitável que a prestação de outros cuidados e tratamentos de saúde seja posta em causa, deixando ainda mais fragilizados os moradores da freguesia da Aguda”.

“Acredito que, a partir deste pedido de colaboração, a ARS Centro irá encetar as diligências necessárias para reabrir rapidamente a extensão de saúde da Aguda”, refere, citado no comunicado, o presidente do conselho diretivo da SRCentro da Ordem dos Enfermeiros, Ricardo Correia de Matos.

A agência Lusa tentou obter uma reação da ARS do Centro, mas até ao momento não foi possível.

FARMÁCIAS DE SERVIÇO EM LEIRIA

POPULARES