Ligue-se a nós

Sociedade

Mais de 4 mil pessoas já assinaram petição para acabar com poluição de suiniculturas no rio Lis

Só na região de Leiria, cerca das 400 explorações suinícolas, algumas delas sob a tutela dos mesmos proprietários, libertam dejetos de milhares animais suínos para os rios.

Publicado

em

Por

Rio Lis Leiria
Foto: Rio Lis / Notícias de Leiria

Há uma petição, subscrita por 4.200 pessoas, com o objetivo de acabar com a poluição de suiniculturas no rio Lis.

São problemas que se arrastam há mais de 20 anos, segundo Rui Pedro Fonseca, um dos rostos da petição.

 

“Fui à freguesia de Milagres, em particular à Ribeira dos Milagres, fazer um trabalho de campo. Na altura entrevistei várias pessoas para saber que reação tinham elas à poluição provocada pelas suiniculturas e os queixumes ouvem-se em uníssono, tanto sobre o cheiro nauseabundo que se intensifica no verão como sobre as descargas ilegais que são muitas vezes feitas aos domingo”, explicou o sociólogo ao jornal Público.

Apesar de o problema não ser recente, tem-se intensificado nos últimos anos com o crescimento das produções de suínos na região para a exportação de carne para a China, aponta o texto da petição.

É também referido o desaparecimento da vida aquática e o “cheiro nauseabundo a fezes que se intensifica com o tempo mais quente” e refere a estimativa da Comissão do Ambiente e Defesa da Ribeiro dos Milagres, que sugere que são produzidos mais de 2500 metros cúbicos de efluentes diariamente.

A atuação das autoridades não tem sido suficiente para Rui Pedro Fonseca. “Em 2019 existiram quatro queixas em relação à libertação de dejetos de animais para as águas, mas é muito complicado provar quem são os prevaricadores devido a uma falta de inspeção alarmante, sobretudo por parte do Ministério do Ambiente”, revela. Mesmo com um investimento para a construção de uma Estação de Tratamento de Efluentes, “muitos produtores recusam-se a fazer o tratamento residual”, pode ler-se na petição.

Como soluções ao problema, é apontada a limitação do número de animais por produção, do uso de água nas produções agropecuárias e do número de explorações por produtor, para se evitar a criação de monopólios.

Link para a petição: https://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=PT100917

FARMÁCIAS DE SERVIÇO EM LEIRIA

POPULARES