Ligue-se a nós

Sociedade

Matrículas no ensino pré-primário e 1º ciclo do ensino básico arrancam hoje

A ideia da plataforma é “facilitar a vida às pessoas”, mas a secretária de Estado da Educação lembra que as secretarias das escolas continuam abertas para quem não consiga fazer a inscrição ‘online’.

Publicado

em

Por

Criança Menina
Foto: Pixabay

O Ministério da Educação criou o Portal das Matrículas que permite efetuar pedidos de matrícula, renovação de matrícula e pedidos de transferência de escola na educação pré-escolar e nos ensinos básico e secundário.

No decreto de lei publicado em Diário da República, que estabelece um regime excecional relativo ao presente ano escolar, há a indicação de que as matrículas devem ser feitas, de preferência, pela internet, no Portal das Matrículas, com recurso à autenticação através de cartão de cidadão, chave móvel digital ou credenciais de acesso ao Portal das Finanças.

Os encarregados de educação podem também recorrer a uma linha telefónica que está preparada para tirar dúvidas para quem queira fazer a inscrição sem sair de casa, ou então podem consultar um manual de informações que será divulgado.

A ideia da plataforma é “facilitar a vida às pessoas”, mas a secretária de Estado da Educação, Susana Amador, lembra que as secretarias das escolas continuam abertas para quem não consiga fazer a inscrição ‘online’.

Quem opte pela inscrição presencial, deve fazer uma marcação prévia, para garantir que não haverá muita gente nas escolas ao mesmo tempo, pediu a secretária de Estado.

O período para matriculas dos alunos decorre até ao dia 30 de junho. As listas de colocações de cada estabelecimento de ensino terão de ser publicadas até ao final do mês de julho.

Após a publicação das listas, as turmas têm de estar constituídas em duas semanas.

Já nos 2º e 3º ciclos do ensino básico e no ensino secúndário o período normal para matrícula é fixado pelo diretor da escola.

FARMÁCIAS DE SERVIÇO EM LEIRIA

POPULARES