Ligue-se a nós

Sociedade

Misericórdia da Batalha inaugura no sábado lar de idosos num investimento 1,6 ME

O lar, com capacidade para 28 a 30 utentes, está instalado na localidade de Brancas.

Publicado

em

Por

Batalha
Foto: Residência para Idosos Nossa Senhora da Vitória, na Batalha / DR

A Santa Casa da Misericórdia da Batalha, no distrito de Leiria, inaugura no sábado um lar de idosos, investimento de 1,6 milhões de euros com capacidade para cerca de 30 utentes, disse hoje à agência Lusa o provedor.

“Concorremos ao PARES [Programa de Alargamento da Rede de Equipamentos Sociais] e ainda não temos resposta. Tivemos apoios do Centro 2020, do município e da Caixa de Crédito Agrícola da Batalha. Neste momento, os apoios são na ordem dos 500 mil euros, mas não chegam. Estamos a fazer esforços no sentido de minimizar o endividamento da Misericórdia”, afirmou Carlos Agostinho.

Segundo o provedor, para a obra “foram afetados meios financeiros” da Misericórdia, que recorreu também ao endividamento.

“Caso o programa PARES venha a apoiar esta ERPI [estrutura residencial para pessoas idosas] atenuaremos esse endividamento”, continuou Carlos Agostinho.

O lar, com capacidade para 28 a 30 utentes, está instalado na localidade de Brancas, contíguo à unidade de cuidados continuados do Centro Hospitalar de Nossa Senhora da Conceição, “tendo uma ligação física”.

“Pelo facto de ter ao lado o centro hospitalar, beneficia desta unidade. É um lar com uma vocação reabilitativa forte, beneficiando das sinergias do centro de reabilitação e das equipas clínica e de enfermagem que dispomos no centro hospitalar”, explicou o provedor.

De acordo com Carlos Agostinho, o lar vai entrar em funcionamento na segunda-feira, “com capacidade esgotada, havendo já lista de espera”.

Além do lar, a Misericórdia da Batalha dispõe das valências de apoio domiciliário, centro de dia, casa de apoio a vítimas de violência doméstica, cantina social e programa de distribuição de alimentos a famílias carenciadas. Fornece, também, refeições nos estabelecimentos do pré-escolar e 1.º ciclo do concelho.

Já o Centro Hospitalar de Nossa Senhora da Conceição possui uma unidade de cuidados continuados, uma unidade de medicina e reabilitação e outra de radiologia, além de análises clínicas.

“Temos 140 trabalhadores e com a abertura do lar ficaremos com 155”, precisou, referindo que a Misericórdia tem, ainda, “30 prestadores de saúde externos”.

Carlos Agostinho adiantou que se segue “o projeto-piloto para a instalação de uma unidade de dia e de promoção da autonomia no âmbito da rede nacional de cuidados continuados integrados”, juntando as vertentes “social, reabilitativa e de prevenção de demências” da população sénior do concelho.

FARMÁCIAS DE SERVIÇO EM LEIRIA

POPULARES