Ligue-se a nós

Cinema

O melhor de 2021 (até agora) – O Poder do Cão

“A longa-metragem tem uma intensidade que não nos permite tirar os olhos do ecrã”.

Publicado

em

Foto: O Poder do Cão / Netflix

Título: O Poder do Cão
Realizador: Jane Campion 
Ano: 2021 
Classificação Notícias de Leiria: 10/10 brisas do lis


Phil Burbank (Benedict Cumberbatch) é um homem rude e solitário, na América de 1925. Ele e o irmão George (Jesse Plemons) gerem o rancho da família. Quando George decide casar com Rose (Kirsten Dunst), a viúva de um suicida e levá-la e ao seu filho Peter (Kodi Smit-McPhee) para viverem com ele, Phil opõe-se e a tensão e o ressentimento crescem entre ele e os novos elementos da família. Phil é um homem de coração partido, que antagoniza os que o rodeiam para se proteger. Quando baixa as defesas, fica rapidamente exposto a manipulações e traições.

Com realização de Jane Campion, aclamada pelo brilhante filme O Piano, de 1993, O Poder do Cão baseia-se no romance de Thomas Savage, autor mais conhecido pelas obras literárias sobre o oeste americano. A longa-metragem tem uma intensidade que não nos permite tirar os olhos do ecrã. A subtileza de cada fala e de cada enquadramento é hipnotizante e nada falta nem se sente em excesso no desenrolar desta história, cujo ritmo é perfeito. O jogo de luz e sombras, a banda sonora e os silêncios propositados trazem às cenas uma energia dramática que é quase palpável. Esta força evidencia o caráter do protagonista e a apreensão, o desconforto e o medo que ele consegue inspirar nas restantes personagens.

O Poder do Cão é a imaginação e a perspicácia. É a capacidade de encontrar significados, onde outros vêm apenas pedras, rochas e montanhas.

Acabada de lançar na plataforma de streaming, esta é a mais recente aposta da Netflix e um dos mais fortes candidatos aos Prémios da Academia.

FARMÁCIAS DE SERVIÇO EM LEIRIA

POPULARES