Ligue-se a nós

Sociedade

PJ deteve suspeito de atear cinco focos de incêndio em Fátima

Ao arguido foi aplicada a medida de coação de prisão preventiva com internamento preventivo.

Publicado

em

Por

PJ Polícia Judiciária
Foto: Polícia Judiciária / DR

A Polícia Judiciária (PJ) deteve um homem de 41 anos suspeito de ser o autor de cinco focos de incêndio que ocorreram na madrugada de domingo em Fátima, concelho de Ourém.

Em comunicado, a PJ informa que, através do seu Departamento de Investigação Criminal de Leiria, e no “seguimento da identificação, pela GNR de Fátima, do presumível autor dos incêndios”, desenvolveu diligências de recolha de prova e deteve o suspeito da autoria dos mesmos.

“Os cinco focos de incêndio incidiram sobre espaços habitacionais e viaturas automóveis, provocando danos que só a pronta intervenção dos bombeiros permitiu pôr termo ao risco de propagação aos espaços confinantes, nomeadamente umas bombas de combustível e um complexo hoteleiro”, lê-se no comunicado, que também refere que “os incêndios foram ateados com recurso a chama direta”.

Presente ao juiz de instrução criminal do Tribunal Judicial de Santarém, ao arguido foi aplicada a medida de coação de prisão preventiva com internamento preventivo, adianta o comunicado.

Fonte da PJ disse à Lusa que o arguido, sem profissão conhecida, residente na zona de Fátima e com antecedentes pelo mesmo tipo de crime, terá “agido num quadro de dependências”.

 

FARMÁCIAS DE SERVIÇO EM LEIRIA

POPULARES