Ligue-se a nós

Autárquicas 2021

PS: Gonçalo Lopes soma 12 anos de experiência na estreia como cabeça de lista

Publicado

em

Por

Gonçalo Lopes
Foto: Presidente da Câmara de Leiria, Gonçalo Lopes / Município de Leiria

O atual presidente da Câmara de Leiria, Gonçalo Lopes (PS), vai encabeçar pela primeira vez uma lista candidata às eleições autárquicas, acenando aos eleitores com 12 anos de experiência no município, que, diz, lhe deram um conhecimento transversal.

“É um trabalho de afirmação de um projeto político que tem uma liderança nova e que me vai colocar, pela primeira vez, como protagonista. Tenho tido um trajeto de proximidade como membro das listas, mas também como dirigente partidário. Portanto, é algo que não é totalmente estranho”, afirmou o socialista.

Para Gonçalo Lopes, de 45 anos, o percurso autárquico dá-lhe a visão daquilo que são “as principais oportunidades, mas também fragilidades que o concelho tem”.

“Construção de um projeto mais colaborativo.”

No seu entender, as fragilidades prendem-se com a necessidade da “construção de um projeto mais colaborativo, envolvendo toda uma comunidade, sejam as diversas autarquias, o ensino superior, a investigação ou as empresas”.

“Temos de trabalhar mais esse aspeto, para conseguir captar alguns dos investimentos, sobretudo públicos, que a região reclama. Parece-me um trajeto que tem de ser melhorado, uma vez que representa alguns dos pontos mais negativos que são apresentados no contexto atual”, salientou, ao lembrar a importância de “ter um lóbi, uma força política que fale bem alto os interesses da região, em especial da sua capital de distrito”.

Gonçalo Lopes destacou, contudo, que Leiria é um “território mais de oportunidades do que propriamente de fragilidades”.

“Não nos podemos sentir diminuídos pela terra onde vivemos. Hoje, temos algo que nos distingue na área da economia e da cultura”, acrescentou.

Licenciado em Economia, foi adjunto do governador civil de Leiria e delegado regional do Instituto Português da Juventude (atual Instituto Português do Desporto e Juventude). É presidente da Câmara de Leiria desde a saída de Raul Castro, que liderou a lista do PS pelo círculo de Leiria à Assembleia da República em 2019.

Antes, Gonçalo Lopes foi vereador durante 10 anos. Considera que a experiência autárquica lhe permite assumir que hoje está “em melhores condições para ser presidente de Câmara do que antes”.

“Além do que é o conhecimento no terreno das diversas vertentes, seja da educação, cultura, desporto, economia ou juventude – alguns dos pelouros que tive – e de ter agora a parte financeira, dos fundos comunitários e da organização interna da Câmara, tudo isso permite-me ter uma noção exata daquilo que são as prioridades para o futuro”, referiu à Lusa o autarca.

O candidato foi consultor da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional de Lisboa e Vale do Tejo, o que contribuiu para “perceber as dinâmicas de financiamento comunitário e quais são as oportunidades que o concelho tem nos contextos dos diversos quadros comunitários”.

A sufrágio, promete levar um “programa eleitoral que seja mobilizador”.

Para isso, referiu que vai “envolver não só massa crítica, especialistas, mas também muita da sociedade civil”, para que as “equipas nas Juntas de Freguesia, na Câmara e na Assembleia Municipal sejam referências para a população”.

“As eleições serão um momento de balanço e de avaliação.”

“Não me sinto nem diminuído, nem em vantagem, por estar como presidente de Câmara”, assumiu o também presidente da Comissão Política Concelhia do PS, afirmando que as eleições serão um momento de balanço e de avaliação, e que o trabalho desenvolvido poderá ser “premiado” ou “condenado”.

De acordo com o currículo enviado à Lusa, Gonçalo Lopes foi ainda secretário-geral do Centro Operativo e Tecnológico de Hortofrutícola Nacional e desempenhou funções como economista na Região de Turismo Leiria/Fátima.

O PS obteve um total de oito mandatos em 2017, governando com maioria absoluta. O PSD ocupa os restantes três lugares do executivo.

FARMÁCIAS DE SERVIÇO EM LEIRIA

POPULARES