Ligue-se a nós

Sociedade

Região de Leiria recebe 11 centros tecnológicos para escolas profissionais

A CIMRL é formada pelos municípios de Alvaiázere, Ansião, Batalha, Castanheira de Pera, Figueiró dos Vinhos, Leiria, Marinha Grande, Pedrógão Grande, Pombal e Porto de Mós.

Publicado

em

Por

Máquina perfuração moldes
Foto: Máquina perfuração moldes / Pixabay

A região de Leiria vai receber 11 centros tecnológicos especializados (CTE), a instalar em escolas profissionais públicas e privadas, no âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência, revelou a Comunidade Intermunicipal.

Numa nota de imprensa, a Comunidade Intermunicipal da Região de Leiria (CIMRL) refere que os 11 CTE estão repartidos entre cinco escolas públicas e seis escolas privadas, nas diversas áreas de especialização, cujas candidaturas são da responsabilidade e de iniciativa das respetivas escolas, contando para o efeito com a parceria dos municípios e da CIRML.

“O ensino profissional em geral e os CET em particular são uma vertente essencial da qualidade e inovação do sistema educativo português, proporcionando percursos formativos diversificados e ajustados, quer aos diferentes perfis dos jovens, quer às necessidades do mercado de trabalho, contribuindo para promover a inclusão e o sucesso educativo de todos”, adianta a CIMRL, na referida nota.

Segundo a CIMRL, no Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) está prevista a “melhoria da capacidade técnica e pedagógica dos espaços educativos e formativos, contribuindo decisivamente para a modernização do ensino e da formação profissional através do aumento da qualidade e da diversidade da oferta formativa”.

A prioridade será dada aos cursos “direcionados para a formação prática especializada em áreas de grande intensidade tecnológica e da nova economia, aumentando as competências e qualificações dos alunos no final da escolaridade obrigatória e contribuindo para a inovação e resiliência da economia portuguesa”.

A data para o primeiro aviso PRR para financiar os CTE encontra-se prevista para junho ou julho, aponta a CIMRL, que se compromete a colaborar na antecipação das necessidades de cada município, em articulação com as escolas e de acordo com as prioridades formativas regionais.

O investimento total do PRR para este objetivo de reequipar e robustecer a infraestrutura tecnológica dos estabelecimentos com oferta de cursos profissionais, será realizado através da instalação de 365 CTE, no montante total de 480 milhões de euros, a executar até 2025, conforme anunciado pelo secretário de Estado da Educação, António de Oliveira Leite, esta terça-feira, em reunião com as comunidades intermunicipais e áreas metropolitanas de todo o país, acrescenta o comunicado.

FARMÁCIAS DE SERVIÇO EM LEIRIA

POPULARES