Ligue-se a nós

Sociedade

Reportagem: À procura do gato-bravo na serras da região Centro

Até agora, gato-bravo nem vê-lo, apesar de um vídeo ainda ter acelerado o coração desta dupla que junta um biólogo e um informático.

Publicado

em

Por

Gato-Montês
Foto: Gato-Montês / Facebook Em busca do gato-montês nas Terras de Sicó e Serra da Lousã

Um fotógrafo da natureza, também biólogo, e um consultor de informática, com experiência em caminhadas, decidiram lançar-se à aventura de procurar o gato-bravo nas serras da região Centro, que se suspeita ter desaparecido por completo da zona.

De acordo com a Agência Lusa, desde o início do ano que Manuel Malva, biólogo de 25 anos, e Alberto Mesquita, consultor informático de 56 anos, andam à procura do gato-bravo na Serra da Lousã e nas Terras de Sicó, colocando armadilhas fotográficas nos locais onde acreditam que haverá uma maior probabilidade de encontrar a espécie classificada como vulnerável no país e que se suspeita já ter desaparecido da região Centro.

“48!”, diz Alberto Mesquita, apontando para o número de vídeos que aparecem na armadilha fotográfica que colocaram perto de Povorais, em Góis, na Serra da Lousã, durante um mês.

“Está ali qualquer coisa em baixo”, diz Manuel Malva, a olhar para o pequeno ecrã da câmara que capta imagens assim que o sensor deteta movimento. “São pombos”, responde Alberto.

Nesta câmara, instalada numa clareira junto a uma queda de água, deparam-se com algo raro desde que começaram a experiência: encontraram mais pessoas nos vídeos do que vida selvagem.

Mais à frente, num caminho sinuoso e escorregadio, por entre silvas e árvores despidas de folhas e cobertas de líquen, outra câmara já não apanha qualquer humano, mas aquilo que à partida seria um bom lugar, por onde passa um trilho de animais, também revela pouca diversidade.

Na última câmara que instalaram naquela zona, deparam-se com uns javalis, um veado adulto e raposas.

“Raposa, raposa, raposa”, conta Alberto, enquanto passa os vídeos captados pela armadilha, apanhando uma ou várias raposas que deveriam estar a passar em busca de comida – mais à frente, estava uma carcaça de veado adulto, já só osso.

Desde janeiro, que calcorreiam a Serra da Lousã e as Terras de Sicó à procura do gato-bravo, terras que os dois conhecem bem – Manuel por causa da fotografia de natureza, Alberto pelas caminhadas que já faz há décadas na região.

Contabilizam cerca de 120 armadilhas fotográficas colocadas, com os vídeos a serem publicados no Youtube e na página de Facebook do projeto.

Até agora, gato-bravo nem vê-lo, apesar de um vídeo ainda lhes ter feito acelerar o coração.

Há uns meses, no ecrã pequenino, vislumbraram um gato, mas ao verem a imagem no computador aperceberam-se que não era o tão procurado gato-bravo, mas um “primo”, um comum gato assilvestrado.

“Quando pegamos numa câmara, pensamos: é desta. Estamos sempre a pensar que o próximo sítio é que é o sítio”, conta Alberto à agência Lusa.

No entanto, já faltam poucas localizações por explorar e a esperança que era quase nula de encontrar o gato-bravo na região também se esfuma.

“Logo na primeira campanha de colocação de câmaras disse ao Alberto que a surpresa seria encontrar o gato. Partimos do pressuposto que não vamos encontrar o gato. Se encontrarmos, será uma boa surpresa”, afirmou Manuel.

Para colocarem foto-armadilhas, os dois procuram rastos de trilhos, em zonas longe de povoações, isoladas e com habitat pouco fragmentado.

Por vezes, para encontrarem o sítio perfeito, “vão de joelhos, quase de rastos” por um trilho numa zona de mato denso, até uma espécie de clareira ou galeria, onde confluem vários caminhos.

“Esses são os melhores sítios, porque os animais têm tendência a utilizar os mesmos trilhos, porque conduzem a zonas de alimentação e de repouso”, explica Manuel.

Esgotadas todas as localizações que definiram, o próximo passo será deixar as armadilhas fotográficas durante longos períodos de tempo nos locais onde encontraram maior potencial.

“Enquanto uma fuinha ou uma gineta pode fazer o mesmo circuito todos os dias, o gato-bravo tem territórios muito maiores e é muito menos previsível. Pode usar um trilho do seu território uma vez de dois em dois meses”, aclarou.

Registos históricos indicam que o gato-bravo estava presente naquelas terras há cerca de 30 anos, mas não se sabe o porquê de ter desaparecido, suspeitando de alguma doença que afetou a população.

O projeto pretende também ser um alerta para a necessidade de políticas de conservação e para os fatores que levaram ao declínio da espécie, que resiste em pequenas bolsas em territórios fronteiriços do país.

“Eu acho que a situação em que a espécie se encontra é o reflexo da conservação da natureza em Portugal: falta de estudo, falta de informação e falta de ação”, criticou Manuel Malva.

Caso alguém tenha conhecimento da presença do gato-bravo na região, pode contactar o projeto através do ‘e-mail’ projectoartemis@gmail.com.

 

Gosta do Notícias de Leiria? Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir! Contamos consigo.

Mobilis-Autocarro
Sociedadehá 3 horas

Mobilis passa a circular aos domingos e feriados

Sociedadehá 3 horas

Saiba quais as farmácias em Leiria com testes covid-19 gratuitos

Farmácia
Sociedadehá 3 horas

Batalha, Marinha Grande, Castanheira de Pera e Figueiró dos Vinhos sem farmácias com testes comparticipados

Cinemahá 3 horas

O melhor de 2021 (até agora) – O Poder do Cão

Marcha lenta IC2
Sociedadehá 6 horas

Empreitada no IC2 entre Rio Maior e Benedita arranca em janeiro – IP

Destaquehá 6 horas

PSD: Paulo Mota Pinto vai ser cabeça de lista por Leiria nas legislativas

Passagem Ano Leiria 2018
Agendahá 9 horas

Município de Leiria celebra Passagem de ano com fogo-de-artifício

Sociedadehá 10 horas

Distrito de Leiria mantém-se acima dos dois mil casos ativos de covid-19

Nazaré Praia do Norte
Sociedadehá 23 horas

Nazaré ativa plano de segurança para semana de ondas gigantes na Praia do Norte

Teste rápido covid-19
Sociedadehá 1 dia

Câmara da Marinha Grande disponibiliza testes covid-19 gratuitos

Chuva
Sociedadehá 1 dia

Depressão Barra traz chuva e vento a partir de terça-feira

Incêndio Pingo Doce Marinha Grande
Sociedadehá 1 dia

Falta de operacionais motiva toque da sirene dos Bombeiros da Marinha Grande

Sociedadehá 1 dia

Secretário de Estado muito preocupado com tendência crescente de casos covid-19

Análises Hospital de Leiria
Sociedadehá 3 dias

Fechado surto de covid-19 no hospital de Leiria que infetou 27 doentes

Estante com livros
Agendahá 4 dias

Café Central recebe Feira do Livro solidária a favor da Associação Desprotegidos

Hospital internamento
Sociedadehá 4 dias

Hospital de Leiria mantém área dedicada a doentes com suspeita de infeção respiratória

Carnaval Nazaré 2020
Sociedadehá 4 dias

Carnaval da Nazaré cancelado

Hospital Saúde
Sociedadehá 4 dias

Hospitais do Médio Tejo abrem laboratórios à população para realização de testes covid-19

Sociedadehá 4 dias

Distrito de Leiria ultrapassa dois mil casos ativos de covid-19

Sociedadehá 4 dias

Infrassons das eólicas podem afetar saúde num raio de 15 quilómetros – estudo

Bem Estarhá 5 meses

O Lidl mais bonito do mundo fica no distrito de Leiria

Bola Futebol Estádio
Sociedadehá 5 meses

Jovem de 12 anos morre em jogo de futebol vítima de paragem cardiorrespiratória em Leiria

Agendahá 4 semanas

Exposição de 30 dinossauros chega a Leiria

Criança mão
Sociedadehá 2 anos

Menina de dois anos e meio infetada com Covid-19 em Leiria

Colégio Infantil Cubo Mágico Leiria
Sociedadehá 2 anos

Creche em Leiria perde bebés durante passeio em pinhal

Rei dos Frangos Take-Away
Sociedadehá 5 meses

Churrasqueira de Leiria esclarece que não é “esse Rei dos Frangos” e nem percebe de ações”

Autárquicas 2021há 5 meses

Chega candidata Sara Santos à Câmara da Batalha para “pôr fim aos obstáculos”

Lar Residência Quinta Santo António
Sociedadehá 2 anos

Residências Quinta Santo António inauguram em julho com quartos a partir de 1500 euros

Filme
Cinemahá 6 meses

Vingança em ação – Um Homem Furioso

BMW
Sociedadehá 8 meses

GNR nega que tenha um BMW M3 descaracterizado para patrulhar Leiria

Praia Fluvial Agroal
Sociedadehá 2 anos

Praia Fluvial do Agroal reabre dia 1 de julho com lotação máxima de 200 pessoas

Av. Heróis de Angola, Leiria
Sociedadehá 5 meses

Nove concelhos do distrito de Leiria com limitação de circulação a partir das 23h00

Farmácia
Sociedadehá 5 meses

Concelho de Leiria já tem farmácias com testes covid-19 gratuitos

Sociedadehá 5 meses

Está a nascer a Rota da Ribeira das Carpalhosas, um percurso pedestre e ciclável de 15 km

Dialectos-Manjedoura-D-Dinis
Bem Estarhá 2 anos

Escola de Leiria adapta vídeo “Dialectos de Manjedoura” para Língua Gestual

Gelo para brisas GNR
Sociedadehá 2 anos

GNR de Leiria dá conselhos de como remover gelo do pára-brisas

Praia Vale Furado
Sociedadehá 1 ano

Vale Furado: O sossego fica a dez quilómetros da Nazaré

Knives Out Movie Daniel Craig
Cinemahá 2 anos

Quem matou Harlan Thrombey? – Knives Out

Praia Nazaré Covid-19
Sociedadehá 7 meses

Através do telemóvel vai conseguir reservar um lugar na praia

Filme Druk
Cinemahá 11 meses

Druk – Another Round – A medida ideal

POPULARES