Ligue-se a nós

Sociedade

Sindicato faz queixa à ACT contra Vista Alegre Atlantis

O Sindicato dos Trabalhadores da Indústria Vidreira queixou-se que a empresa de Alcobaça não deixou os dirigentes sindicais reunirem-se com a comissão sindical da empresa.

Publicado

em

Por

Vista Alegre
Foto: Facebook Vista Alegre

O Sindicato dos Trabalhadores da Indústria Vidreira queixou-se à Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT) contra a Vista Alegre Atlantis, por ter impedido a entrada de dois dirigentes sindicais para se reunirem com a comissão sindical da empresa.

Em comunicado, o sindicato denunciou hoje o que considera “uma gravíssima violação do direito ao exercício de atividade sindical na empresa nos termos consagrados na lei e na Constituição da República Portuguesa”, para a qual pediu a intervenção da ACT para a “reposição da legalidade e sancionamento da conduta adotada” pela empresa.

De acordo com o sindicato, a empresa argumentou que, “por motivos ligados ao agravamento da atual crise pandémica, não tem sido permitida a entrada de pessoas exteriores à unidade industrial”, inviabilizando a realização da reunião nas instalações situadas na zona industrial do Casal de Areia, em Alcobaça.

O sindicato manteve a reunião, que foi realizada à porta da empresa.

FARMÁCIAS DE SERVIÇO EM LEIRIA

POPULARES