Ligue-se a nós

Sociedade

Suspeito de homicídio com mandado de captura internacional detido em Leiria

O crime aconteceu no dia 1 de janeiro de 2020 no Paraná, Brasil. O suspeito não aceitou o fim do realacionamento que mantinha com a filha da vítima, tentando insistentemente reatá-lo. Ele teria ido à casa da vítima à procura da ex-mulher.

Publicado

em

Por

Prisão Arame farpado
Foto: Prisão / Pixabay

A Polícia Judiciária, através da Unidade de Informação Criminal, deteve um cidadão estrangeiro suspeito de homicídio, em Leiria, sobre o qual recaía um mandado de detenção internacional.

Numa nota de imprensa, a PJ adianta que localizou e deteve, na zona de Leiria, um homem de 38 anos, dando cumprimento a um mandado de detenção internacional, emitido pelo Ministério Público do Paraná, no Brasil.

O detido é suspeito da prática de um crime de homicídio com arma de fogo de que foi vítima a sua ex-sogra, em Goioerê.

Após a consumação dos alegados factos, em janeiro de 2020, o “arguido pôs-se imediatamente em fuga para a Europa, onde viria a beneficiar do apoio de compatriotas residentes em diversas comunidades deste continente”, refere a PJ.

A Polícia Judiciária informa ainda que teve conhecimento da existência do mandado de detenção internacional, através do Gabinete Nacional INTERPOL, em dezembro de 2020, tendo nessa altura “encetado diligências de investigação e recolha de informação, que culminaram na localização e detenção do referido indivíduo em território nacional”, lê-se ainda no comunicado.

O crime, no estado requerente, é punível com pena de prisão até 30 anos, sublinha ainda a PJ, ao referir que o suspeito vai aguardar o processo de extradição em prisão preventiva, medida de coação determinada pelo Tribunal da Relação de Coimbra.

FARMÁCIAS DE SERVIÇO EM LEIRIA

POPULARES